Se você possui um perfil empreendedor para abrir um negócio, por vezes, já deve ter se flagrado pensando “Quero abrir uma empresa, mas como fazer”? No Brasil, existe uma série de burocracias e registros necessários para quem pretende montar uma empresa, mas nada que não possa ser feito com paciência e determinação. E vale lembrar que não é só abrir a empresa, você também vai precisar administrar. Muitas pessoas procuram pelo passo-a-passo para abrir uma empresa legalmente. A fim de facilitar a dispersão deste conhecimento, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), repassa as seguintes informações, isto é, o caminho que deve-se tomar para abrir a empresa. Então, se você está pensando em abrir uma padaria, fique atento! Não deixe de utilizar os melhores equipamentos de padaria, se atualizar no mercado e realizar um bom orçamento para economizar! E mais: confira as dicas abaixo e corra atrás do seu sucesso!

 

Passo-a-Passo para abrir uma empresa

1.    Registro na Junta Comercial ou Cartório de Registro de Pessoa Jurídica:  Para registrar a empresa, é necessário ir até a Junta Comercial do seu estado e lá irão lhe informar se será preciso ou não ir até o Cartório. Cidades que não possuem escritórios da Junta Comercial, geralemente precisam registrar a empresa em Cartório.  Efetuado este processo, o sonho de abrir uma empresa começa a se concretizar. Para registrar a empresa, você vai precisar de uma série de documentos que podem mudar conforme cada estado. Entre em contato com a Junta Comercial de seu estado e tome conhecimento de quais os documentos necessários para abrir uma empresa. Este é o passo mais longo do processo de abrir a empresa e você precisará de uma série de documentos e fichas que estarão disponíveis somente lá. É muito provável que você precise fazer uma série de visitas à Junta do seu estado. Finalizando o processo e fazendo este registro da empresa, você receberá o NIRE (Número de Identificação de Registro da Empresa).

2.     Colhimento de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica): Após ter retirado o NIRE da Junta Comercial ou Cartório, você irá para o segundo passo para abrir uma empresa. Este segundo processo, diz respeito à retirada do CNPJ de sua empresa que a marca como contribuinte do país. Isto é, a partir daí você poderá contabilizar impostos e outros gastos. Para concluir esta etapa de obtenção de CNPJ você deve ir até o site da Receita Federal e fazer o download de um programa específico. Assim você poderá indicar qual é o ramo da empresa e demais atividades. Na sequência serão selecionadas sua tributação e fiscalização.  Dependendo do nicho empresarial que você vai atuar, é necessário ter a habilitação profissional. Outro ponto importante nesta fase de abrir uma empresa é que a partir do ramo será determinado o tipo de empresa, ou seja, em que cadastro você vai se encaixar. Algumas empresas podem se encaixar no plano Simples, entre outros.

3.    Alvará para funcionar: Como previsto, abrir uma empresa é uma tarefa que exige um determinado esforço burocrático. Após cadastrar o CNPJ conforme descrito no Passo 2, será necessário obter o Alvará de Funcionamento do estabelecimento. Para consegui-lo, você deve ir até a Prefeitura da cidade. Serão necessários os documentos da empresa, como cartão CNPJ e cópia de contrato social. É bem comum as prefeituras disponibilizarem formulários próprios para cada empresa. Nesta etapa também pode estar inclusa a visita prévia de uma equipe da prefeitura.

4.    Inscrição Estadual: Ao abrir uma empresa é necessário que você saiba que todas precisam ter a Inscrição Estadual. Para concluir esta etapa você precisará comparecer à Secretaria Estadual da Fazenda de seu estado. Alguns podem permitir concluir a inscrição pela Internet, mas a maioria exige presença física. Contudo, vale ressaltar que ela só é necessária para empresas que precisarão de ICMS ( Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Também pode acontecer de seu estado exigir a inscrição antes do alvará.

Após a conclusão destes procedimentos para abrir uma empresa, você já estará devidamente regulamentado para desempenhar as atividades propostas. O custo para abrir uma empresa varia conforme o estado e a especificação, mas não é algo estarrecedor, visto que você está registrando um negócio próprio em âmbito federal. As duas últimas fases de conclusão são: cadastro na Previdência Social e Aparato Fiscal necessário.

Agora que você já sabe o que é necessário para abrir uma empresa, que tal ir montar a sua de fato? Saiba que empreendedorismo é um caminho árduo, mas que compensa por meio de resultados colhidos. Uma boa dica é pesquisar bastante sobre o ramo da sua empresa,  manter-se informado e buscar inovação.